A Economia do Brasil no Século XIX


No início do século XIX, as autoridades das capitanias não tinham poder algum para administrar o Brasil, porque ainda eram subordinadas à autoridade do Vice-Rei, que cuidava da ordem da colônia e dos interesses da metrópole. Os Vice-Reis tinham como prioridade o correto envio de riquezas do brasil-colônia para Portugal. Por volta do ano de 1808, quando a familia real portuguesa chegou ao brasil, eles viram um profundo atraso e um estado de deploração.

O Brasil logo no início do século passou a cultivar café em seus férteis terrenos, mas usava métodos antigos do século XVI, em pleno século XIX. Devido a insegurança ao atraso dos mecanismos de produção agricula, houve grande queda da atividade canavieira, do algodão e do tabaco.O café foi o produto que impulsionou a economia brasileira desde o inicio do século XIX. Concentrado no Vale Paraíba e depois no estado Paraná. O grão foi o principal produto de exportação durante quase 100 anos.Outro produto que era destaque da época era o látex, descoberto no século XVIII pelo naturalista Charles Marie de La Condamine, tinha função auto-cicatrizante. Essa sustância vinha da seringueira, uma árvore encontrada apenas na floresta amazônica. No ano de 1870 o produto ficou conhecido na Europa e na América do Norte, gerando um rápido aumento na cotação internacional do produto.

Fonte:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário